Com a pandemia, as exposições a risco das empresas aumentaram?

Antes de responder a essa pergunta, temos que fazer algumas colocações. Uma delas, é que se faz necessário rever as coberturas de seguros contratadas pois muitas exposições simplesmente deixaram de existir neste momento e outras demandas surgiram.

Como ficam as competências no Novo Normal?

Nossas empresas e seus controladores ou executivos estão acostumados a lidar com crises, pelo menos desde o final da década de 70, no primeiro choque do petróleo. Tivemos situações dos mais diversos tipos, com a mudança de cenário que dificultava o planejamento e qualquer tipo de previsão.

Agir em Tempos de Pânico – Artigo: Como sobreviver às feridas da pandemia?

Afora poucas e honrosas exceções, a grande maioria das empresas está sofrendo profundamente com a paralisação econômica. Por mais que o governo tenha disponibilizado instrumentos para minimizar o impacto negativo sobre negócios que estão sem operar, ou operando em condições muito precárias, isso não será o suficiente para deter a sangria do caixa que o atual cenário representa

O novo normal vai impactar os mercados. Como as empresas podem se preparar para as mudanças?

Repentinamente o mundo parou literalmente. Empresas correram de forma desorientada para não paralisar suas atividades, consumidores se retraíram, clientes reduziram suas compras, fornecedores deixaram de ter como abastecer com a mesma regularidade, governos adotaram medidas emergenciais de apoio ao crédito, enfim o mundo assumiu uma feição jamais vista com esta intensidade.

Três proposições empresariais para a pós pandemia

De uma forma abrupta e imprevista para a imensa maioria dos países e de suas lideranças, o mundo foi literalmente tomado por uma pandemia, nos submetendo a um genuíno “freio de arrumação”, transformando por completo nossa forma de viver e impondo uma quase paralisia à atividade econômica.

COMO NÃO PERDER VENDAS COM A LOJA FECHADA?

O especialista em varejo Alexandre Horta traz respostas para este importante tema nos tempos de pandemia.